2009-09-10

expirou, o meu prazo de garantia.

quiseste dar-me poesias e garantias de que não me arrancavas lágrimas do peito. sabias o quanto odeio chorar, como os meus lábios incham e ficam dum vermelho vivo raspado desprezivel, e por isso, garantiste-me que desgraças não eram connosco. depois, ficaste-te só por garantir uma amizade que ia voltar ao que sempre foi. hoje, te garanto que nao caio mais na tua de 'bom rapaz cavalheiresco'. te garanto que nem nos confins do mundo deves encontrar alguém com a minha força para te fazer ver que poetas não têm que ser sofridos. ou mesmo que chegas a ser poeta. e não te dou mais garantias de que nao te volto a incomodar, vou incomodar decerto, com os meus olhos que te levam a serpentear pelas memórias dos dias mais felizes que tiveste, com a garantia que me tinhas como certa. com o meu corpo que já foi mundo encaixado nos teus braços nervosos. e sim, és cobarde sem força para o admitir. foges de mim, tal como foges de quem consegue aguentar o teu mau humor disfarçado. e deves querer mesmo ser sofrido, para mostrares que consegues ser poeta, verdade? pois bem, a minha versatilidade sempre foi além do teu pensar antiquado e imóvel, querido.

13 comentários:

joana disse...

ta bue girooo :D
atira as laranjas ao ar e nem te dignes a apanha-las... deixa as lá até desaparecerem.
Adoro tee

Qel disse...

«e não te dou mais garantias de que nao te volto a incomodar, vou incomodar decerto, com os meus olhos que te levam a serpentear pelas memórias dos dias mais felizes que tiveste, com a garantia que me tinhas como certa».

dá-me um gozo bestial ler isto... tal como imagino que te deve ter dado ao escreve-lo ;) *

Ana disse...

imaginei-te a dizer/ler isto de "garras de fora" e postura altiva. e gostei.

*

Gislãne disse...

"foges de mim, tal como foges de quem consegue aguentar o teu mau humor disfarçado."
lindooooo
bjos sinceros

Margarida C' disse...

Adorei :D
esta lindo

'stracciatella disse...

«(...)os meus olhos que te levam a serpentear pelas memórias dos dias mais felizes que tiveste(...)»

Adorei tudo, mas esta parte...!

Matilde Cê disse...

expirou o teu prazo de garantia mas não o de validade.

[]

Ana Paixão disse...

Minha linda, vê bem o que achei aqui:

"MG disse...
sinceramente, acho a tua escrita um espanto. comentei neste post ao calhas, porque gostei muito de todos. podes achar que isto são só palavras bonitas, mas sem sentimento, mas não. tenho andando com a ideia de começar um blog, mas nunca tinha tido 'coragem' suficiente para o fazer. ao ler o teu, decidi fazê-lo. não que a minha escrita se compare com a tua, porque não, longe disso.
de qualquer maneira, só te queria agradecer o incentivo, mesmo que não o tivesses propriamente feito :)

Terça-feira, 24 Fevereiro, 2009"




Pois bem, ainda bem que o fizeste, porque tens uma doçura única em tudo o que escreves.
Eu ando por aqui a seguir-te, a ler-te, SEMPRE. Um beijinho da madrinha, AHAHA

matilde disse...

vou tentar *

Maria Francisca disse...

Pequenina, já tinha lido isto mas como não tinha sessão iniciada e precisava para comentar, acabei por não comentar.
Foge de ti? Ri-te, dele e da sua cobardia.
E não te preocupes com os lábios vermelhos, ficamos sempre.

luisinha disse...

que linda, tao sentido. oh que querida :)

Nuno G. disse...

Olá!

inspiração minha… mesmo em acesso de desapontamento e renovação, a tua escrita é linda!!!!
Beijos!

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Isabel disse...

Adorei :)