2009-04-22

pedrinhas sorridentes

a imaginação e a inspiraçao rareiam nestes dias. o humor muda traçoeiro, como se precisasse de mudança repentina, mas duradoura. já nem o meu cabelo é o mesmo, outrora tão agradavelmente selvagem. as minhas risadas são imponentes e cheias, mas muito muito passageiras. dizem que sou revolucionária e realmente ando bastante revoltada por estes dias, nem que seja porque o meu irmao tem mais leite no copo que eu. as borbulhas voltaram, assim como o meu lado mais extravagante.
quero mais cultura e menos futilidade, menos 'toca a despachar' e um aumento da sensibilidade.
estou na lua e a confrontar-me com a realidade ao mesmo tempo, é isso. e mais nada, que farta estou eu de complicações quando tudo pode ser tão simples, e essa mentalidade do gosto de sofrer dita por uma pessoa minimamente normal (eu que não gosto nada dessa palavra), para mim já não cola, deixem-me lá sossegada com o meu triste optimismo, que eu até ando bem comportada.

20 comentários:

Maria Francisca disse...

Andas é a precisar de levar a Chica por baixo do braço e irem as duas dar um passeio, ahah. Olha que ela anda com essa ideia já à algum tempo. :)
Beijinhos minha Margarida *

Desinteressado disse...

ola
surpreendente a beleza com que escreves mesmo sobre coisas tristes não deixa de ser lindo.
só espero não ser desses que te andam a chatear pois o que eu mais quero e partilhar este doces bocadinhos de alegria contigo...obrigado por deixares que eu faça parte deste mundo mesmo em momentos difíceis como parece ser o tema deste post (digo eu!)

beijocas Desinteressadas

Maria Francisca disse...

Olha que estou a falar a sério. xD

Maria Francisca disse...

A fotografia do teu perfil é mesmo fofinha. xD

Laranjinha disse...

Há dias assim...
Dias de autêntica tempestade emotiva. Em que num estalar de dedos se passa de um sorriso a uma lágrima. De uma gargalhada a um grito.

À solta. Solta. Gostei! =)

http://escritoemlaranja.blogspot.com

Wilson disse...

Lindo! :D

Maria Francisca disse...

Eu também uso oculos. xD Para ler.
Obrigada, é mais um desabafo.
Na realidade copiei o que disse à minha amiga e postei...
Beijinhos minha Margarida*

Davi(d) disse...

Sempre com textos bonitos, gostei (:

Joana Éme. disse...

quero mais cultura e menos futilidade, menos 'toca a despachar' e um aumento da sensibilidade.Também quero!

Lizzie disse...

'(...)que farta estou eu de complicações quando tudo pode ser tão simples'


Somos duas..mania de complicar né? ^^


Beijinho

Xaninha disse...

Lindíssimo *
Gosto mesmo do que escreves (:

Nuno Rodrigues disse...

"estou na lua e a confrontar-me com a realidade ao mesmo tempo" - tens razão, é mesmo isso.
adorei o texto, escreves-te muita coisa que partilho

Maria Francisca disse...

Gostas minha Margarida? :)
Tenho saudades tuas, apesar de não te 'conhecer'...
Precisava dum tempinho contigo, os nossos 5 minutos...

Angela Ferraz disse...

o amor as vezes rima com triste, na tua cabeça e no teu coração :)

LM disse...

Lindo, lindo *.* Parabéns :D

Maria Francisca disse...

És de onde? :)
*

um mundo. disse...

obrigado, Margarida :$

"ando bastante revoltada por estes dias, nem que seja porque o meu irmao tem mais leite no copo que eu. as borbulhas voltaram, assim como o meu lado mais extravagante." - muito muito bom xD

Maria Francisca disse...

A sério? :)
Há um autocarro que passa ao pé de minha casa (em Telheiras) que é para a Damaia. Talvez um dia nos possamos encontrar. :)
*

Louis Albert disse...

Não quero alguém que morra de amor por mim…
Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.
Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo,
quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim…
Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível…
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão…
Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades e às pessoas,
que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim…
e que valeu a pena.

Adoreiiiii seu BLOG...

UM BJAOOO!!!!!!!

Maria Francisca disse...

A sério? :)
Beijinhos de Girassol para uma Margarida *