2009-05-31

nao gosto de lencinhos com cheiro a rosas

chorar não é fraquejar, é fortalecer. e assim, quando chorares, eu não te vou dizer que nao o faças. vou-te incentivar a berrar comigo e com o mundo, e a vista maravilhosa que nos envolve. vou dar-te a mão, até a podes esmagar, tal é a força da tua desmedida desorientação. depois vais levantar a cabeça como um dia eu já fiz também e vamos então passar dias de tamanho riso, com a falta de juizo que temos e a bagagem que levamos de tantos anos de hábito inocente que partilhámos. e tu és tão forte.

9 comentários:

Margarida C' disse...

Adorei o texto. A verdade é que não gosto que quando estou a chorar as pessoas passem, façam perguntas (como se realmente se importassem), digam para não chorar mais e me virem as costas. Mais vale não dizer nada do que dizer apenas 'não chores', pelo menos para mim =$
Beijinhos

Maria Francisca disse...

Eu digo só 'Chora tudo o que tens. Chora até não teres mais lágrimas, até ficares desidratada/o.'
Acho que é isso que é preciso. :)
Beijinhos minha Margarida linda*

Maria Francisca disse...

Este ninho é tudo para mim (aliás, o que é tudo para mim é a pessoa que lá vive comigo) :) É muito mesmo.
Beijinhos*

José Silva disse...

Obrigado por seguires o meu blog, gostei do teu vou te seguir igualmente. xD

Emm disse...

gostei muito deste teu texto. Concordo plenamente quando dizer que "chorar não é fraquejar, é fortalecer" :)

Emm, xx

AnaLuísa disse...

obrigada (:

este texto está tão bonito também. és directa e gosto disso.
um beijinho Margarida :P *

Nuno G. disse...

cá estou eu a deliciar-me com a tua escrita…. Sabes uma coisa? Sou teu fã…
se me permites, envio um beijo…

joanna disse...

és tã forte como ela,sabes (L)

Joana David disse...

Gosto que me digam para chorar e gritar, só para, por um momento, não ter de ser forte. *