2009-10-20

dança da chuva

chove, falam alto. chove, 'ai que já molhei as calças!'. chove, e a gente sente-se bem a dar boleia a alguém no chapéu de chuva. chove, e todos dizem 'odeio chuva!'. mas chove, e toda a gente se aninha, vão para o quentinho, enroscam-se uns nos outros. a chuva é de extremos, chuva é comigo. não que goste, mas sou de extremos. chove e os olhos ficam diferentes, sabe bem ver olhos de quem vê, na paisagem da janela da sala de aula, coisas que, arrisco, o sol não sabe trazer. nem a paisagem. nem os olhos.
'está a chover' - susurra-mo baixinho para as nuvens rezingonas não ouvirem.

9 comentários:

Déboraa disse...

Minha flor, eu ODEIO CHUVA.
mas o texto como todos os outros, etá perfeito.

joana disse...

ohhh está lindo minha flor! A chuva nao é assim tão má. Ao menos com a chuva as giletes ganham vida (a)

made in ♥ love disse...

é bem verdade....

Um beijinho
Eduarda
Be in ♥ love

Isabel disse...

Gostei imenso :)

Qel disse...

esta semana também me abrigaram da chuva :) *

Margarida disse...

qel, gostava de ler-te, um dia : )

Camilla disse...

Assim como você, gosto da chuva. Chuva mansa, caindo no telhado. Aquele ventinho gostoso que ela traz. Mas tenho medo de tempestades. Medo não, tenho pavor. Hoje mesmo aqui deu uma.

Uma chuva de beijos pra você!

Poppins disse...

Eu gosto de chuva; assim como gosto de ficar no quarto com o aquecedor ao lado e a ouvi-la lá fora.

biga disse...

Tenho de me perder nos teus textos.
Gosto.