2009-12-26

o muro caiu

cheira a castanhas e a alguma coisa que já se perdeu. o meu nariz está congelado mais os olhos de muitos que dizem sentir o espirito duma alegria que já passou, ouvi dizer. mas ainda se cheira, ainda se vê, ainda se tem frio e há quem ainda repare na lua meia cheia por cima do éden. o velho alucinado, chamam, não deve reparar. mas tem razão, esse velho alucinado por vivências de mundos como nós não conhecemos, quando diz que a criança que viu aos pulos de alegria por ir ao grande hamburguer de plástico não é mais que uma pobre infeliz sedenta de lixo. mas eles não sabem que o pobre velho alucinado, gelado por debaixo da roupa alheia que trás, tem razão no que grita ao mundo, esse sim alucinado, e exclamam espantados que estão perante a cidade do terror em estado puro. mas a flor cá dentro esperneia que congelados estão os olhos.

10 comentários:

Maria Francisca disse...

Sabes, tu tens 3 estilos muito teus: estes, complexos e dificeis de perceber (em certa medida); uns que mostras duma maneira nua e crua quem tu és (Tenho dito e outras coisas); e ainda tens uns em que fazes diálogos interiores.
Gosto tanto de tudo isto. És a minha Margarida. A minha Margarida.

Poppins disse...

O problema é que ninguém dá ouvidos a esses "pobres velhos alucinados". E esquecem-se que alucinado está o nosso Mundo, ou melhor, as pessoas que nele (sobre)vivem.

AL disse...

venham muitos velhos alucinados trazer razão.

Maria Francisca disse...

Pequenina, é dia 27 de Dezembro.

Ana disse...

Gosh, como eu gostei deste texto.
:)

Maria Francisca disse...

Está quase a acabar o ano.

Paulo Oliveira disse...

que confusão tão simpática.

Anónimo disse...

Verdade nua e crua

Margarida disse...

anónimo, adorava saber quem és : )

Davie disse...

Sabes, ao menos tens a noção de que gostas de ti. E isso é que importa.
Eu demorei imenso tempo a descobrir que amava-me, e como é bom.
Está quase a terminar 2009. Espero que o deixes com a cabeça erguida e contente.